Madre Agua - Fundo de Água de Cali - Fondos de Agua

Santiago de Cali, com 2,4 milhões de habitantes, é um dos principais centros urbanos, industriais e comerciais da Colômbia. No entanto, suas bacias hidrográficas têm recebido grande pressão como resultado do desmatamento, a expansão da fronteira agrícola nas áreas mais elevadas, o aumento da pastagem, o fenômeno de mineração, os incêndios florestais e as descargas industriais em corpos d’água. A deterioração das bacias hidrográficas aumenta a vulnerabilidade no sistema de fornecimento e os riscos associados com o abastecimento de água na cidade.

A fim de sugerir soluções e implementar ações rentáveis por meio de parcerias que contribuam para melhorar a produção e fornecimento de água para o presente e para o futuro, a iniciativa Madre Agua nasceu como o Fundo de Água de Cali.

Os Fundos de Água contribuem, através da ciência e da colaboração multisectorial, para a melhoria de uma gestão integrada da água, por meio de ações que compensem as comunidades a montante e ajudem a garantir os serviços ambientais que a natureza oferece para os usuários das bacias hidrográficas que estão localizados abaixo.

Madre Agua tem o apoio do Departamento Administrativo de Gestão Ambiental (DAGMA), a Corporação Regional Autónoma de Valle del Cauca (CVC), os Parques Nacionais da Colômbia, Empresas Municipais de Cali (EMCALI), e a Aliança de Fundos de água de América Latina – conformada pela The Nature Conservancy (TNC), a Fundação FEMSA, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Fundo Global de Meio Ambiente (GEF) – que juntarem forças para ajudar a proteger as fontes de água que servem mais de 2 milhões de pessoas que vivem na cidade capital do Valle del Cauca.

Madre Agua é uma iniciativa público-privada e da sociedade civil, que busca gerar recursos para promover a conservação de nossas bacias hidrográficas, e que irá trabalhar com diferentes recursos por meio de projetos e investimentos de entidades públicas que serão feitas pelas empresas participantes. Estes recursos serão alocados a projetos específicos respeito a restauração de ecossistemas, reflorestamento, correntes de isolamento, conservação dos ecossistemas estratégicos, a compensação para programas de serviços ambientais, isolamento  de nascimentos, implementação de corredores ambientais, turismo ecológico, educação e vigilância, a detecção precoce de incêndios florestais e a implementação de práticas de produção sustentáveis.

Madre Agua também vai promover melhores processos de governança de água através da formação e apoio de diferentes comunidades que vivem na bacia, apojando a divulgação e difusão dos resultados, bem como a articulação e validação daqueles com processos locais e iniciativas regionais.

Para complementar isso, será estabelecido um capital para a sustentabilidade do Fundo e um sistema de monitoramento pra o monitoramento contínuo tanto dos investimentos como dos resultados e impactos alcançados.

Com o lançamento da Madre Agua a fase de concepção desse Fundo de Água que começou em 2013 chega a seu fim, e a fase de execução dos projetos começa, para o qual será assinado um acordo de cooperação entre TNC, a Prefeitura de Cali, DAGMA, EMCALI, CVC e Parques Nacionais Naturais. Este evento pretende consolidar a parceria do setor privado com esta iniciativa.

De acordo com estudos realizados pela TNC e DAGMA, das 35000 hectares potenciais para trabalhar nas bacias, 4500 receberam tratamento prioritário numa fase inicial por causa de sua capacidade de obter os melhores resultados na quantidade e qualidade da água.