O Fundo para a Conservação da Água de Guayaquil - Fondos de Agua
Data de início: Abril 2015

Contexto

Guayaquil, com 3 milhões de habitantes, é a cidade mais grande e habitada do Equador. É uma cidade principalmente comercial, também caracterizada por ter uma importante indústria e um setor turístico em crescimento.

A cidade consume aproximadamente um milhão de metros cúbicos por dia. Apesar de ter evidencia que o crescimento da cidade é muito mais lento que em décadas anteriores, o mesmo ainda é positivo.

Bacia

Guayaquil se abastece da bacia do Rio Daule, que faz parte do Rio Guayas, um dos rios mas importantes e abundante da costa pacifica da América do Sul.

Estudos

A Aliança Latino-americana dos Fundos de Água, com o apoio dos sócios locais, tem realizado os estudos técnicos e sócio econômicos para implementar um Fundo de Água para a conservação da água em Guayaquil. Os estúdios demostraram a necessidade de um mecanismo de financiamento para a conservação da bacia, a factibilidade técnica de concretizá-lo e o interesse e compromisso dos atores locais para sua criação.

Sócios Fundadores

  • EMAPAG-EP
  • The Nature Conservancy, TNC
  • Banco do Desenvolvimento da América Latina, CAF
  • Interagua
  • Cervecería Nacional (Sab-Miller)

Instituições Aliadas Locais

  • Arca Continental
  • Coca Cola Company

Instituições Aliadas Regionais

  • BID Fundação

Beneficiários

Aproximadamente 3 milhões de pessoas que se abastecem da bacia de agua do Daule.

Quantia

Este Fundo de Água conta com contribuições iniciais ao redor de $130.000 dólares, que serão investidos nas atividades de conservação à longo prazo.

O Fundo Ambiental Nacional será o organismo encarregado pela administração dos fundos. Também existe uma grande expectativa da união de outras empresas privadas e governos locais ao fundo, uma vez que esteja constituído, para incrementar sua sustentabilidade e o impacto de suas ações.

O Fundo de Água de Guayaquil promove a conservação e restauração das seguintes zonas: as cabeceiras do rio Daune nas províncias de Guayas, Manabí e Santo Domingo, as planícies inundáveis da zona meia do Daule, as montanhas ocidentais de Manabí e a cordilheira Chongón Colonche.

O Fundo de Guayaquil reúne os setores mais importantes da sociedade. Todos eles contribuem com sua experiência enquanto a conservação, patrimônio sociocultural, economia e politicas sustentáveis.

Atividades de Conservação

Entre as ações previstas consideradas, estão:

  • Proteção de áreas críticas.
  • Restauração de algumas áreas, incluindo zonas de ribeira.
  • Implementação de melhores práticas produtivas.
  • Ordenamento territorial com enfoque à bacia.
  • Educação, sensibilização ambiental e monitoramento da qualidade e quantidade de água.
  • Programa intensivo de difusão e levantamento de recursos.

Este fundo é parte da Aliança Latino-americana de Fundos de Água, criada em Junho de 2011 por The Nature Conservancy (TNC), Fundação FEMSA, o Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID) e o Fundo para o Meio Ambiente Mundial (FMAM-GEF), para criar e fortalecer Fundos de Água na América Latina. A Aliança conta com 17 fundos operando no Brasil, Colômbia, Equador, México, Peru e outros países latino-americanos.

Os Fundos de Água são a primeira iniciativa latino-americana que soma a sociedade civil, academia, setores público e privado, além de organismos internacionais, numa estratégia de conservação de bacias a nível regional.